Livros

Alguns títulos aqui apresentados estão disponíveis on-line. Clique no título para acessar o arquivo.

 

GILL, Lorena Almeida e SANTOS NETO, Martinho Guedes (Org.). Trabalho, Gênero, Raça e Sociabilidade no Mundo dos Trabalhadores da Cidade e do Campo. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional; São Paulo: Central Única dos Trabalhadores, 2016. v. 2. 153p.

GILL, Lorena Almeida e SCHEER, M. I. (Org.). À beira da extinção: memórias de trabalhadores cujos ofícios estão em vias de desaparecer. 1. ed. Pelotas: Editora UFPel, 2015. v. 1. 128p.

GILL, L. A. O Mal do Século: Tuberculose, Tuberculosos e Políticas de Saúde em Pelotas (RS) 1890-1930. 1º. ed. Pelotas: EDUCAT, 2007. v. 300. 282p .

GILL, L. A. Clienteltchiks: os judeus da prestação em Pelotas (RS) 1920 – 1945. Pelotas: Editora e Gráfica Universitária – UFPel, 2001. v. 500. 166p.

GILL, L. A; SILVA, E. B. Perspectivas para a História Oral. In: Pedro Robertt; Carla Rech; Pedro Lisbero e Rochele Fachineto. (Org.). Metodologia em Ciências Sociais Hoje: Práticas, Abordagens e Experiências de Investigação. 1ed.Jundiaí, Santa Catarina,: Paco Editorial, 2016, v. 2, p. 107-126. [capítulo]

GILL, L. A; SCHEER, M. I.  Médicos Judeus no Rio Grande do Sul. In: QUEVEDO, Éverton e POMATTI, Angela. (Org.). Museu da História da Medicina – MUHM: um acervo vivo que se faz ponte entre o ontem e o hoje. 1ed. Porto Alegre: Evangraf, 2016, v. 1, p. 172-183. [capítulo]

GILL, L. A; ROCHA, L. Trajetórias de benzedores negros ao sul do Brasil. In: Lorena Almeida Gill; Micaele Irene Scheer. (Org.). Á beira da extinção: memórias de trabalhadores cujos ofícios estão em vias de desaparecer. 1ed. Pelotas: Editora UFPel, 2015, v. 1, p. 101-111. [capítulo]

GILL, L. A. Notas sobre a História da Doença em Pelotas. In: Luís Rubira. (Org.). Almanaque do Bicentenário de Pelotas. 1ed. Pelotas: Editora João Eduardo Keiber, 2014, v. 3, p. 191-205. [capítulo]

LONER, Beatriz Loner; GILL, L. A (Org.); MAGALHÃES, Mario Osorio (Org.). Dicionário de História de Pelotas. 2. ed. Pelotas: Editora da UFPel, 2012. v. 1. 295p.

LOPES, A.E. Traços da política: a imprensa ilustrada em Pelotas no século XIX. Porto Alegre, RS: Editora Fi, 2017.

LOPES, A. E. (Org.) ; SPERANZA, C. G. (Org.). Caderno de resumos das VII Jornadas regionais do GT Mundos do Trabalho. 1. ed. Porto Alegre: Memorial da Justiça do Trabalho no RS, 2013. v. 1.

LOPES, A. E. M.; SILVA, D. G. G.; ARAÚJO, V. C. D. de (Orgs.). História e mídias: diálogos (im)prováveis. Porto Alegre, RS: Editora Fi, 2017.

MELLO, R. B. ; GILL, L. A. Entre o afeto e a sobrevivência: a história de mulheres de famílias monoparentais no mundo do trabalho. In: Leite, Elaine; Massau, Guilherme; Soto, William. (Org.). Teorias e práticas sociológicas. 1ºed.São Paulo: Max Limonad, 2016, v. 1, p. 199-212. [capítulo]

SPERANZA, C. G.. Cavando direitos: as leis trabalhistas e os conflitos entre os mineiros de carvão e seus patrões no Rio Grande do Sul (1940-1954). 1. ed. Sâo Leopoldo: Oikos – Coleção ANPUHRS, 2014. 295p .

SPERANZA, C. G.; SANTOS JR, J. J. G. (Org.). Caderno de resumos do II Encontro Internacional Fronteiras e Identidades. 1. ed. Pelotas: Gráfica da UFPel, 2014. v. 1.

SPERANZA, C. G.. Sangue de nossas veias: os quase invisíveis mineiros de carvão do Rio Grande do Sul. In: Lorena Almeida Gill; Micaele Irene Scheer. (Org.). À beira da extinção: memórias de trabalhadores cujos ofícios estão em vias de desaparecer. 1ed.Pelotas: Gráfica da UFPel, 2015, v. 1, p. 29-43. [capítulo]

SPERANZA, C. G.. Os trabalhadores e sua visibilidade na cena política brasileira: as greves de 1946 e o imediato pós-Estado Novo. In: Carla Luciana Silva, Gilberto Grassi Calil, Marcio Antônio Both da Silva. (Org.). Ditaduras e democracias: estudos sobre o poder e regimes políticos no Brasil (1945-2014). 1ed. Porto Alegre: FCM Editora, 2014, v. , p. 41-51. [capítulo]

SPERANZA, C. G.. O MAPEAMENTO DA IMPLANTAÇÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL NO RIO GRANDE DO SUL NA DÉCADA DE 30 ATRAVÉS DAS FICHAS DE IDENTIFICAÇÃO DO ACERVO DA DELEGACIA REGIONAL DO TRABALHO. In: Dayane Garcia e Rita de Cássia Mendes Pereira. (Org.). Arquivo e memória dos trabalhadores da cidade e do campo. 1ed. Rio de Janeiro; São Paulo: Museu Nacional; CUT, 2014, v. 1, p. 49-59. [capítulo]

SPERANZA, C. G.. Nos termos das conciliações:os acordos entre mineiros de carvão do Rio Grande do Sul e seus patrões na Justiça do Trabalho entre 1946 e 1954. In: Ângela de Castro Gomes; Fernando Teixeira da Silva. (Org.). A Justiça do Trabalho e sua História. 1ed.Campinas: Unicamp, 2013, v. , p. 51-81. [capítulo]

SPERANZA, C. G. e DROPPA, Alisson (Orgs.). Mundos do Trabalho: campo de estudos em transformação. Porto Alegre: Editora Fi, 2017.