Dissertações/Teses

Na presente página você encontrará Dissertações e Teses orientadas pelos Professores integrantes do NDH-UFPel, textos de interesse, bem como outros trabalhos desenvolvidos por pesquisadores vinculados ao Núcleo [clique no título para acessar o texto].

Adelmir Fiabani. Os novos quilombos: Luta pela terra e afirmação étnica no Brasil [1988-2008]. 2008. Tese (Doutorado em História) – UNISINOS. [Orientação Karl Martin Monsma]

Aldrin A. S. Castellucci. Trabalhadores, máquina política e eleições na primeira república. 2008. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal da Bahia. [Orientadora Maria Cecília Velasco e Cruz]

Alexandre Lazzari. “Certas coisas não são para que o povo as faça”: Carnaval em Porto Alegre. 1870 – 1915. Dissertação (Mestrado em História) – UNICAMP. [Orientação Maria Clementina Pereira Cunha]

Aline Nunes da Cunha.  Futebol, memória e identidade operária: uma análise sobre a prática futebolística em Pelotas nas décadas de 1930 a 1960. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) – UFPel. [Orientador Elomar Tambara]

Ana Paula do Amaral Costa. Criados de Servir: estratégias de sobrevivência na cidade do Rio Grande (1880-1894). 2013. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Beatriz Loner e Lorena Gill]

Anderson Romário Pereira Corrêa. Movimento operário em Alegrete: a presença de imigrantes e estrangeiros (1897-1929). 2009. Dissertação (Mestrado em História). [Orientação Núncia Santoro de Constantino]

Ângela Beatriz Pomatti. A colonização italiana na cidade de Pelotas: Saúde e Doença entre os colonos italianos. 2011. Dissertação (Mestrado em História) – PUC/RS. [Orientação Núncia Santoro de Constantino]

Ângela Pereira Oliveira.  A racialização nas entrelinhas da imprensa negra: o caso O Exemplo A Alvorada – 1920-1935. 2017. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Beatriz Ana Loner / Clarice Speranza]

Ariel Salvador Roja Fagúndez. Ni de acá, ni de allá: memória e a identidade de filhos de uruguaios residentes em Pelotas, RS. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Aristeu Elisandro Machado Lopes. Traços da Política: representações do mundo político na imprensa ilustrada e humorística pelotense do século XIX. 2006. Dissertação (Mestrado em História) – UFRGS. [Orientação Cesar Augusto Barcellos Guazzelli]

Aristeu Elisandro Machado Lopes. A república e seus símbolos: a imprensa ilustrada e o ideário republicano. Rio de Janeiro, 1868-1903. 2010. Tese (Doutorado em História) – UFRGS. [Orientação Cesar Augusto Barcellos Guazzelli]

Beatriz Ana Loner. O PCB e a linha do Manifesto de Agosto: um estudo. 1985. Dissertação (Mestrado em História) – UNICAMP. [Orientação Italo Tronca]

Benito Bisso Schmidt. Uma reflexão sobre o gênero biográfico: a trajetória do militante socialista Antônio Guedes Coutinho na perspectiva de sua vida cotidiana (1868-1945). 1996. Dissertação (Mestrado em História) – UFRGS. [Orientação Sílvia Regina Ferraz Petersen]

Biane Peverada Jaques. “Eis, aí, como tomei contato com o Diário”: Ascensão social-profissional do imigrante português Maximiano Pombo Cirne a partir do Diário Popular. Pelotas 1922-1949. 2017. Dissertação (Mestrado em História) – UFPel. [Orientação Aristeu Elisandro Machado Lopes]

Camila Martins Braga. “Os operários não mentem perante a Justiça”: Análise do exercício da advocacia de Antônio Ferreira Martins em Pelotas (RS) de 1941 a 1945. 2016. Dissertação (Mestrado em História) – UFPel. [Orientação Clarice Gontarski Speranza]

Christiane Maria Cruz de Souza. A Gripe Espanhola na Bahia: saúde, política e medicina em tempos de epidemia. 2007. Tese (Doutorado em História das Ciências da Saúde) – FIOCRUZ. [Orientação Gilberto Hochman]

Clarice Gontarski Speranza. A greve da oficina de chumbo: o movimento de resistência dos trabalhadores da Empresa Jornalística Caldas Júnior (Porto Alegre, 1983-1984). 2007. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. [Orientação Benito Bisso Schmidt]

Clarice Gontarski Speranza. Cavando direitos: as leis trabalhistas e os conflitos entre trabalhadores e patrões nas minas do Rio Grande do Sul nos anos 40 e 50. 2012. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. [Orientação Benito Bisso Schmidt]

Cláudia Cardoso Goularte. Cotidiano, Identidade e Memória: narrativas de camelôs em Pelotas. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Cláudia Socoowski de Anello Silva. A invisibilidade social na terceirização: um estudo da experiência do polo naval de Rio Grande. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Cláudia Tomaschewski. Caridade e filantropia na distribuição da assistência: a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas – RS (1847-1922). Dissertação (Mestrado em História) – PUC/RS. [Orientação Charles Monteiro]

Christian Ferreira Mackedanz . Racismo “nas quatro linhas”: os negros e as ligas de futebol em Pelotas (1901-1930). 2016. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Beatriz Ana Loner]

Débora Clasen de Paula. “Da mãe e amiga Amélia”: cartas de uma baronesa para sua filha (Rio de Janeiro-Pelotas, na virada do século XX). 2008. Dissertação (Mestrado em História) – UNISINOS. [Orientação Eliane Cristina Deckmann Fleck]

Eduarda Borges da Silva. Partejar e narrar: O ofício de parteira ao sul do Rio Grande do Sul (1960-1990). Dissertação (Mestrado em História) – UFPel. [Orientação Lorena Almeida Gill]

Eisler Rosa Cavada. Cara ou Coroa, Saúde ou Doença: Poder e enfermidades psíquicas no trabalho bancário na cidade de Pelotas (RS). 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Enrique Serra Padrós. Como el Uruguay no hay: terror de Estado e segurança nacional Uruguai (1968-1985): do pachecato à ditadura civil-militar. 2005. Tese (Doutorado em História) – UFRGS. [Orientação Cesar Augusto Barcellos Guazzelli]

Fabrício Romani Gomes. Sob a proteção da Princesa e de São Benedito: identidade étnica, associativismo e projetos num clube negro de Caxias do Sul (1934-1988). 2008. Dissertação (Mestrado em História) – UNISINOS. [Orientação Paulo Roberto Staudt Moreira]

Fernanda Oliveira da Silva. Os negros, a constituição de espaços para os seus e o entrelaçamento desses espaços: associações e identidades negras em Pelotas (1820-1943). 2011. Dissertação (Mestrado em História) – PUC/RS. [Orientação Margaret Marchiori Bakos]

Fernando Cauduro Pureza. Economia de guerra, batalha da produção e soldados-operários: o impacto da segunda guerra mundial na vida dos trabalhadores de Porto Alegre (1942-1945). 2009. Dissertação (Mestrado em História) – UFRGS. [Orientação Silvia Regina Ferraz Petersen]

Gabriel Aladrén. Liberdades Negras nas Paragens do Sul: Alforria e inserção social de libertos em Porto Alegre, 1800-1835. 2008. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal Fluminense. [Orientação Hebe Maria Mattos]

Gári Veiga Glass. Um estudo sobre sofrimento psíquico e religiosidade através de narrativas de usuários de CAPS (Pelotas, RS). 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Gisele Scobernatti. Entre amores invisíveis e silenciados: histórias de abusadoras sexuais na cidade de Pelotas (RS). 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Gláucia Vieira Ramos Konrad. Os trabalhadores e o Estado Novo no Rio Grande do Sul: um retrato da sociedade e do mundo do trabalho (1937-1945). 2006. Tese (Doutorado em História) – UNICAMP. [Orientação Michael McDonald Hall]

Helissa Renata Gründemann. Quando as pessoas lembram da Ilha, elas lembram da Jurupiga?: memória, tradição e patrimônio na Ilha dos Marinheiros (Rio Grande/RS). 2013. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. [Orientação Lorena Gill]

Hilário Barbian. Círculo operário e sindicalismo em Ijuí/RS: 1923-1946. 1991. Dissertação (Mestrado em História) – UFSC. [Orientação Rufino Porfírio Almeida]

Iris Graciela Germano. Rio Grande do Sul, Brasil e Etiópia: os negros e o carnaval de Porto Alegre nas décadas de 1930 e 40. 1999. Dissertação (Mestrado em História) – UFRGS. [Orientação Sandra Jatahy Pesavento]

Isabel Aparecida Bilhão. Identidade e Trabalho: Análise da construção identitária dos operários porto-alegrenses (1896 a 1920). 2005. Tese (Doutorado em História) – UFRGS. [Orientadora Silvia Regina Ferraz Petersen]

Jairo Luiz Fleck Falcão. Cooperação, experiência e sobrevivência: a história dos trabalhadores do Porto de Porto Alegre (1961 – 1989). 2009. Tese (Doutorado em História) – UNISINOS. [Orientadora Marluza Harres]

Janaina Schaun Sbabo. A IMPRENSA COMO PORTA-VOZ DA CLASSE OPERÁRIA: o caso do jornal A Evolução de Rio Grande/RS (1934 – 1937). 2016. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Beatriz Ana Loner]

João Manuel Cardoso de Mello. O capitalismo tardio: contribuição a revisão critica da formação e desenvolvimento da economia brasileira. 1975. Tese (Doutorado em Sociologia) – UNICAMP. [Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo]

Jordana Alves Pieper. Da classificação à fiação: as experiências de operários têxteis da fábrica Laneira Brasileira em Pelotas, RS (1980-1988). 2016. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. [Orientação Lorena Gill]

Lauro Luis Borges Júnior. As Relações perigosas: o PT e o governo municipal de Pelotas (2001-2004). 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – UFPel. [Orientação Álvaro Augusto de Borba Barreto]

Leandro Barcelos de Lima. Prostituição e Subversão: notas para repensar as sexualidades desviantes. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Leandro Jorge Daronco. À sombra da cruz: trabalho e resistência servil no noroeste do Rio Grande do Sul segundo os processos criminais [1840-188]. 2006. Dissertação (Mestrado em História) – UPF. [Orientação Mário Maestri].

Lenita Lange Funari de Carvalho. Assédio Moral Psicossocial: uma análise entre ex-motoristas do transporte coletivo de Pelotas – RS. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Liana Souto Corrêa. Histórias de enfrentamentos: a portadora da infecção pelo HIV/AIDS em Pelotas (RS). 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Lionil Martinez. Xarque com assucar/Pelotas com nordeste: contraponto de extremos no paladar cultural brasileiro. 2000. Dissertação (Mestrado em Literatura) – UFSC. [Orientação Ana Luiza Andrade]

Lizete Oliveira Kummer. A medicina social e a liberdade profissional: os médicos gaúchos na primeira república. 2002. Dissertação (Mestrado em História) – UFRGS. [Orientação Sandra J. Pesavento]

Lóren Nunes da Rocha. “Indisciplinados os que adoecem e nômades os que reclamam férias”: A saúde do trabalhador nos processos da Justiça do Trabalho de Pelotas (1936-1945). 2015. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. [Orientação Lorena Gill]

Lorena Almeida Gill.  Um Mal de Século: Tuberculose, Tuberculosos e  Políticas de Saúde em Pelotas (RS), 1890-1930. Tese (Doutorado em História) – PUC-RS. [Orientação  Núncia Santoro de Constantino]

Lourdes Helena Martins da Silva. Crimes de paixão: uma história de gênero na cidade de Bagé. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Marcelo Antonio Chaves. Da periferia ao centro da(0) capital: perfil dos trabalhadores do primeiro complexo cimenteiro do Brasil. São Paulo, 1925 – 1945. 2005. Dissertação (Mestrado em História) – UNICAMP. [Orientação Michael McDonald Hall]

Marcelo Freitas Gil. O Movimento Espírita Pelotense e suas raízes sócio-históricas e culturais. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Maria Cristina Ostermann Barbieri. Um olhar sobre o cuidado em famílias monoparentais femininas de classes populares. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Maria Izabel Saraiva Noll. Partidos e política no Rio Grande do Sul (1928-1937). 1980. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) – UFRGS. [Orientação Hélgio Trindade]

Maria Inês Rosa. A industria brasileira na década de 60: as transformações nas relações de trabalho e a estabilidade. 1982. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – UNICAMP. [Orientação Michel J. M. Thiollent]

Mário Augusto Correia San Segundo. Protesto operário, repressão policial e anticomunismo (Rio Grande 1949, 1950 e 1952). 2009. Dissertação (Mestrado em História) – UFRGS. [Orientador Silvia Regina Ferraz Petersen]

Mário Marcello Neto. Medo do Invisível: O Terrorismo e o Temor Nuclear em Desenhos Animados Estadunidenses (2001-2007). 2016. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Aristeu Elisandro Machado Lopes]

Marli de Almeida Baldissera. Onde estão os grupos de onze?: os comandos nacionalistas na região Alto Uruguai – RS. 2003. Dissertação (Mestrado em História) – UPF. [Orientação Ana Luiza Setti Reckziegel]

Nauber Gavski da Silva. Vivendo como classe: as condições de vida do operariado porto-alegrense entre 1905 e 1932. 2010. Dissertação (Mestrado em História) – UFRGS. [Orientação Sílvia Regina Ferraz Petersen]

Nikelen Acosta Witter. Males e Epidemias: Sofredores, governantes e curadores no sul do Brasil (Rio Grande do Sul, século XIX). 2007. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal Fluminense. [Orientador André Luiz Vieira de Campos]

Paulo Renato Souza Ienczak. Visões de mundo e inter-relações no movimento Hip Hop em Pelotas. 2014. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. [Orientação Lorena Gill]

Paulo Sérgio Andrade Quaresma. URBE EM TEMPOS DE VARÍOLA: A CIDADE DO RIO GRANDE/RS DURANTE A EPIDEMIA DE 1904-1905. 2012. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. [Orientação Lorena Gill]

Regina Weber. A formação do trabalhador fabril: historia oral em Ijui/RS. 1989. Dissertação (Mestrado em História) – UNICAMP. [Orientação Michael McDonald Hall]

Ricardo Corrêa Coelho. A linguagem da campanha para a prefeitura de São Paulo de 1985: uma analise dos discursos dos três candidatos mais votados. 1991. Dissertação ( Mestrado em Ciência Política) – UNICAMP. [Orientação Shiguenoli Miyamoto]

Roberta Borges Mello. Uma história de mulheres de classes populares no mundo do trabalho e sua relação com o Benefício de Prestação Continuada, da Política de Assistência Social, em Pelotas, RS (2010-2014). 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Rosa Maria Garcia Rolim de Moura. Habitação popular em Pelotas: 1980-1950: entre políticas públicas e investimentos privados. 2006. Tese (Doutorado em História) – PUCRS. [Orientador Charles Monteiro]

Susan Lauren Zille Machado. DA VILA DOM BOSQUINHO AO BAIRRO CIDADE DE ÁGUEDA: UM PROCESSO DE REMOÇÃO RELATOS DE MORADORES DO MUNICÍPIO DO RIO GRANDE/RS (2004-2012). 2013. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. [Orientação Lorena Gill]

Taiane Mendes Taborda. Senhorinhas perfeitas: a representação de mulher ideal através das páginas da Revista Illustração Pelotense entre os anos de 1919 e 1922. 2012. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Thaís Janaina Wenczenovicz. Luto e silêncio: doença e morte nas áreas de colonização Polonesa no Rio Grande do Sul (1910-1945). 2007. Tese (Doutorado em História) – PUCRS. [Orientação Núncia Maria Santoro de Constantino]

Tiago Bernardon de Oliveira. Mobilização operária na República excluente: um estudo comparativo da relação entre Estado e movimento operário nos casos de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul nas duas primeiras décadas do século XX. 2003. Dissertação (Mestrado em História) – UFRGS. [Orientadora Silvia R. F. Petersen]

Tiago Bernardon de Oliveira. Anarquismo, sindicatos e revolução no Brasil (1906-1936). 2009. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal Fluminense. [Orientador Marcelo Badaró Mattos]

Tiago Neuenfeld Munhoz. Histórias Oral de vida e Saúde Mental em Pelotas, RS. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas. [Orientação Lorena Gill]

Ticiano Duarte Pedroso. Cidade Nova: Narrativas do cotidiano no subúrbio operário de Rio Grande -1950. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. [Orientação Lorena Gill]

Vanda Ueda. Inovação tecnológica e espaço urbano: a implantação da Companhia Telefônica Melhoramento e Resistência em Pelotas/RS. 1998. Dissertação (Mestrado em Geografia) – UFSC. [Orientação Leila Christina D. Dias]

 

* O NDH-UFPel não é responsável pela manutenção do conteúdo ora disponibilizado. Caso algum arquivo seja retirado do ar ou haja algum problema no acesso, relate o ocorrido a nós para que possamos corrigir o problema em nossa página (ndh.ufpel@gmail.com)