Ciclo de Cinema apresenta “Loki-Arnaldo Baptista” nesta sexta(2)

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibirá, nesta sexta-feira(2), o filme “Loki- Arnaldo Baptista“, de Paulo Henrique Fontenelle. Cineasta Brasileiro (1970), Fontenelle é autor de obras cinematográficas como “Dossiê Jango“, e “Mauro Shampo: Jogador, Cabelereiro e Homem“. O V Ciclo de Cinema, promovido pelo Departamento de Filosofia da UFPel, sob a coordenação do professor Luís Rubira, ocorre todas as sextas às 20h, no Centro de Integração do Mercosul. A entrada é franca (retire sua senha no local, no dia da sessão, em horário comercial).

A programação completa do Ciclo está disponível na página da UFPel:
http://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2014/03/09/ciclo-filosofia-e-musica-cinema-comeca-na-sexta-14/

loki-0

02/05 – Loki- Arnaldo Baptista
Loki- Arnaldo Baptista, 2008, Brasil. Direção: Paulo Henrique Fontenelle.
Com: Arnaldo Baptista, Sérgio Dias, Tom Zé. (120 min). Documentário.

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibirá o filme “One Plus One [Rolling Stones]”

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibirá, na próxima sexta-feira (dia 25 de Abril), o filme “One Plus One [Rolling Stones]“, de Jean-Luc Godard. Cineasta Franco- Suíço (1930), Godard é autor de obras cinematográficas como “Acossado“, e “Je Vous Salue, Marie“. O V Ciclo de Cinema, promovido pelo Departamento de Filosofia da UFPel, sob a coordenação do professor dr. Luís Rubira, ocorre todas as sextas às 20h, no Centro de Integração do Mercosul. A entrada é FRANCA (retire sua senha no local, no dia da sessão, em horário comercial).

A programação completa do CICLO está disponível na página da UFPel:

http://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2014/03/09/ciclo-filosofia-e-musica-cinema-comeca-na-sexta-14/

 

dvd-the-rolling-stones-one-plus-one-11235-MLB20041922533_022014-F

25/04 – ONE PLUS ONE [ROLLING STONES]

One Plus One [Rolling Stones], 1968, Inglaterra. Direção: Jean-Luc Godard.

Com: Mick Jagger, Keith Richards, Brian Jones.  (100 min). Documentário.

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibirá o documentário “Tropicália”

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibirá, na próxima sexta-feira (11), o documentário“Tropicália”, de Marcelo Machado. O V Ciclo de Cinema, promovido pelo Departamento de Filosofia da UFPel, sob a coordenação do professor Luís Rubira, ocorre todas as sextas às 20h, no Centro de Integração do Mercosul. A entrada é franca. Retire sua senha no local, no dia da sessão, em horário comercial.

11/04
Tropicália, 2012, Brasil. Direção: Marcelo Machado.
Com: Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa. (87 min). Documentário.

tropicalia_poster-crop

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibe o filme “The Doors“

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibe nesta sexta-feira(4), o filme “The Doors“, de Oliver Stone. Cineasta norte-americano (1946), Stone é autor de obras cinematográficas como “Assassino por natureza” e “JFK – A pergunta que não quer calar”. O V Ciclo de Cinema, promovido pelo Departamento de Filosofia da UFPel, sob a coordenação do professor Luís Rubira, ocorre todas as sextas às 20h, no Centro de Integração do Mercosul. A entrada é franca (retire sua senha no local, no dia da sessão, em horário comercial).

A programação completa do Ciclo está disponível na página da UFPel:
http://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2014/03/09/ciclo-filosofia-e-musica-cinema-comeca-na-sexta-14/

The Doors, 1991, EUA. Direção: Oliver Stone.
Com: Val KilmerMeg RyanKyle MacLachlan. (140 min).

the doors

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibirá nesta sexta-feira o documentário “Jimi Hendrix”, de Joe Boyd

O Ciclo “A Filosofia e a Música no Cinema” exibirá, nesta sexta-feira (dia 28 de Março), o documentário “Jimi Hendrix”, de Joe Boyd. Produtor Cultural norte-americano (1942), Boyd elaborou álbuns de Pink Floyd e Jimi Hendrix. O V Ciclo de Cinema, promovido pelo Departamento de Filosofia da UFPel, sob a coordenação do professor dr. Luís Rubira, ocorre todas as sextas às 20h, no Centro de Integração do Mercosul. A entrada é FRANCA (retire sua senha no local, no dia da sessão, em horário comercial).

A programação completa do CICLO está disponível na página da UFPel.

MPW-11350

 

28/03 – JIMI HENDRIX
Jimi Hendrix, 1973, EUA. Direção: Joe Boyd.
Com: Jimi Hendrix, Lou Reed, Little Richard. (102 min). Documentário

Ciclo A Filosofia e a Música no Cinema exibe: No Direction Home, de Scorsese

600full-no-direction-home--bob-dylan-poster

O Ciclo A Filosofia e a Música no Cinema exibirá, nesta sexta-feira (dia 21 de março), o filme “No Direction Home”, de Martin Scorsese. Cineasta norte-americano (1942), Scorsese é autor de obras cinematográficas como “Taxi Driver” e “Touro indomável”. O V Ciclo de Cinema, promovido pelo Departamento de Filosofia da UFPel, sob a coordenação do professor dr. Luís Rubira, ocorre todas as sextas às 20h, no Centro de Integração do Mercosul. A entrada é franca (retire sua senha no local, no dia da sessão, em horário comercial).

A programação completa do Ciclo está disponível na página da UFPel:
http://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2014/03/09/ciclo-filosofia-e-musica-cinema-comeca-na-sexta-14/

21/03 – No Direction Home: Bob Dylan
No Direction Home, 2005, EUA. Direção: Martin Scorsese.
Com: Bob Dylan, Allen Ginsberg, Joan Baez. (208 min). Documentário.

Ciclo A Filosofia e a Música no Cinema começa na sexta (14)

O V Ciclo de Cinema do Departamento de Filosofia da UFPEL, “A Filosofia e a Música no Cinema”, começa na próxima sexta-feira, dia 14 de março de 2014. Ao longo do ano serão exibidas 40 obras cinematográficas, divididas nos seguintes blocos temáticos: Ouverture; Primeiro movimento; Segundo movimento; Terceiro Movimento e Finale.

Tendo como fio-condutor a música, o presente Ciclo busca fazer uma introdução à música popular e erudita, e suas relações com a reflexão filosófica dos séculos XVII ao XXI.

Projeto de Extensão sob a coordenação do Prof. Dr. Luís Rubira, o Ciclo ocorrerá todas as sextas, às 20h, no Centro de Integração do Mercosul. As senhas para assistir ao filme devem ser retiradas no dia da sessão, em horário comercial, na secretaria do Centro de Integração do Mercosul (Rua Andrade Neves, 1529). A entrada é FRANCA.

Confira a Programação:

CARTAZ-FINAL (1)

Gestão Ambiental Transfronteiriça

Gestão Ambiental Transfronteiriça

Mais de 30 anos depois do surgimento da agenda ambiental internacional (Estocolmo, 1972), o Brasil continua tendo uma presença importante no cenário de negociações e acordos internacionais relacionados ao tema ambiental. Nossa abundância em recursos naturais e a condição de país emergente o põem em situação de destaque e responsabilidade frente às questões ambientais globais. Nesse contexto, os estudos, pesquisas e debates desenvolvidos no curso de Gestão Ambiental – disciplina Mercosul, Fronteiras e Meio Ambiente – passará a denominar-se GEOPOLÍTICA AMBIENTAL, FRONTEIRAS E GOVERNANÇA INTERNACIONAL – do Curso de Gestão Ambiental do Centro de Integração do Mercosul da UFPel tem possibilitado a apropriação de conhecimento e novos conceitos que potencializem a formação de recursos humanos voltados a esta importante área.

Os desafios e novas perspectivas frente à política, a gestão e a governança ambiental internacional também tem sido temas fundamentais no processo de desenvolvimento da integração e da cooperação regional, em especial, no Mercosul. Nesse sentido, o Curso de Gestão Ambiental do Centro de Integração do Mercosul da UFPel tem a honra de convidá-lo(a) para participar do encontro:Gestão Ambiental Transfronteiriça  a realizar-se no auditório Simon Bolívar do Centro de Integração do Mercosul, às 19:00h do dia 24 de fevereiro de 2014. Entre os temas a serem abordados estão: Desafios da agenda ambiental brasileira frente a integração e a cooperação regional, com o prof. Camilo Pereira Carneiro Filho – Doutor em Geografia pela UFRGS; Doutorado sanduíche pela Universidade Paris 1; Mestre em Geografia pela UFRJ e graduado em Geografia e Meio Ambiente pela UFRJ; A Biodiversidade fronteiriça Brasil – Uruguai, tendo como palestrante o prof. Giovanni Nachtigall Mauricio – Curso Superior em Gestão Ambiental/CIM/UFPel; e O ICMBio na fronteira Brasil Venezuela Peru Colômbia, com a participação do Sr. Enrique Salazar – Analista Ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) na região fronteiriça de Tefé, no estado do Amazonas.

Na expectativa de sua presença, agrademos antecipadamente.

 

“Los mapas del alma no tienen fronteras”

Galeano

Prof. Maurício Pinto da Silva

Coordenador

CSTGA/CIM/UFPel

II Seminário Internacional Maioridade do Mercosul: Discutindo fronteiras

12-14 DE MARÇO 2014
PUCRS

Fazendo eco ao espírito de cooperação que anima as relações entre Brasil e Uruguai, o Seminário Internacional Discutindo Fronteiras tem por objetivos reunir pesquisadores de ambos os países e demais interessados para discutir os diversos aspectos da problemática da fronteira, do desenvolvimento e da integração. O conhecimento produzido sobre o tema por estudiosos de ambos os países será difundido junto aos setores privado e governamental, academia e escolas, movimentos sociais e ONGs, através do próprio evento, e das publicações que dele resultarão.

Programação e outras informações no link abaixo:

II SEMINÁRIO INTERNACIONAL MAIORIDADE DO MERCOSUL – 2014 – PUCRS

Estudantes montam árvore de Natal com lixo

árvore-natalII

Os alunos das turmas do curso de Gestão Ambiental da UFPel em Pinheiro Machado montaram uma árvore de Natal toda enfeitada com lixo doméstico.

“A ideia é conscientizar a população para pensar na grande quantidade de resíduos que atualmente produzimos, para que todos se questionem sobre a real necessidade de tanto material jogado fora, que poderia ser reusado, reaproveitado ou mesmo reciclado”, observam os estudantes, lembrando que o reuso, do ponto de vista ambiental, é o procedimento mais correto, pois representa grande economia de matérias primas e energia, ficando no final da escala a reciclagem, que ainda é uma alternativa melhor do que o descarte final nos aterros sanitários.

“Hoje em dia muitas pessoas estão afinadas com os discursos ambientalistas, mas na prática nada ou muito pouco é feito para minimizar o problema. Somos mais de sete bilhões de pessoas devorando a Terra impiedosamente. Já está mais do que na hora de começarmos a fazer pelo menos o mínimo, pois o mínimo vezes sete bilhões é uma cifra enorme… e o planeta agradece”, apregoam.

O grupo conclama a população a comemorar o Natal com alegria, mas no ano de 2014 tornar-se mais consciente, menos poluente, optando por embalagens maiores (mais econômicas), por refis. Outras ações propostas são a troca de latinhas por garrafas de vidro, a substituição de garrafinhas de água mineral por água da torneira ou por bombonas de 20 litros, racionalizando o consumo para que nada falte às gerações futuras. “No futuro, quem sabe, também as empresas se envergonhem de ver suas marcas ‘enfeitando’ árvores de lixo”, finalizam.

CCS- UFPel

Posts mais antigos «

» Posts mais novos