3ª Semana de Uso Racional de Medicamentos visa combater automedicação em Pelotas

A Semana de Uso Racional de Medicamentos ocorre todo ano no estado do Rio Grande do Sul. O projeto, realizado pelo Conselho Estadual de Farmácia em parceria com as universidades locais, está presente em várias cidades do estado e aqui em Pelotas é organizado pelo Curso de Farmácia da UFPel, em parceria com a Prefeitura de Pelotas e entidades privadas.

Neste ano, o slogan estadual da campanha é “Pare de se Auto Medicar”. Um apelo para que a população tenha consciência dos riscos da automedicação. No Brasil, a intoxicação por medicamentos inadequados foi responsável pela morte de mais de 20 mil pessoas em 2015, segundo levantamento da Associação Brasileira de Indústrias Farmacêuticas. Outra pesquisa, realizada pelo Instituto Hibou, revela que 90% das pessoas se automedicam.

Os principais riscos da automedicação incluem, além da intoxicação, o aumento da resistência bacteriana, ou seja, o fortalecimento da bactéria, que passa a ter imunidade a outros medicamentos, e o agravamento da corrente doença.

Por isso, o Conselho Estadual de Farmácia faz anualmente a Semana do Uso Racional de Medicamentos. Aqui em Pelotas está em curso a Terceira Edição. Começando nesta sexta-feira (5/5), as ações vão até a próxima terça (9/5). E é pautada justamente em ações que o Curso de Farmácia da UFPel pensou este projeto. Com o tema “MedicAção, Uso Racional é Legal”, a programação conta com testes de HIV e Sífilis, orientação para judicialização de medicamentos, caminhadas, mateada, dosagens de glicemia e medida de pressão arterial, com auxílio de alunos do curso de Enfermagem da UFPel, entre outras atividades.

Para a coordenadora do curso de Farmácia da Universidade, a professora Rejane Tavares, a atenção à automedicação é fundamental. No primeiro dia de evento, a Prefeitura de Pelotas montou um estande no largo do Mercado Público. O atendimento ao público foi a tônica e a participação popular impressionou a organização. “Só hoje (sexta-feira) fizemos mais de 300 testes de HIV e Sífilis e mais de 200 dosagens de glicemia e medida de pressão arterial. O público presente é acima do esperado. Estamos todos muito felizes”, falou a professora Rejane Tavares.

O projeto conta com a participação assídua dos alunos de Farmácia e também com o apoio de estudantes de Enfermagem da UFPel. Os alunos participantes ganham horas curriculares e encaram o evento como uma oportunidade de crescimento profissional e de auxílio à população. “É bom porque ajudamos a comunidade que muitas vezes não tem acesso ao posto de saúde”, contou Pâmela, 19 anos, estudante de Farmácia. Também integrante do projeto, Natiele, de 26 anos, destaca a importância da conscientização contra a automedicação. “Estamos aqui para esclarecer as dúvidas da população. E também é muito importante porque nos dá experiência no atendimento ao público”, avaliou Natiele.

A Coordenadora do projeto, professora Rejane Tavares, fez questão de destacar o projeto pioneiro da UFPel em relação ao apoio à judicialização de medicamentos. Ela conta que a Universidade auxilia nas ações judiciais da população ao acesso a medicamentos, muitas vezes com preço acima do que o paciente pode pagar. Desta forma, o curso de Farmácia aponta soluções como, por exemplo, a substituição por medicamentos mais baratos quando possível. É realizada uma análise técnica que visa aumentar o acesso à medicação e pode, também, reduzir custos ao Estado. Nesta 3ª Semana de Uso Racional de Medicamentos há uma orientação ao público em relação à judicialização de medicamentos.

O evento ainda vai realizar, no domingo, uma mateada na praia do Laranjal, com caminhada, aula de zumba e exercícios funcionais. Lá também vai haver recolha de medicamentos vencidos, orientação farmacêutica e uma continuidade de testes de HIV e Sífilis. Os exames são feitos na hora e os resultados entregues 15 minutos após a realização.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DA SEMANA

Sexta-feira (5/5) – no Largo do Mercado Público, houve medidas de pressão arterial e glicemia, orientação farmacêutica, consulta farmacêutica – Programas Obesidade e Parar de Fumar, distribuição de folders e amostras de álcool gel, com orientação de higiene das mãos e Uso Racional de Medicamentos.

Domingo (7/5) – “Mateada da Saúde”, no calçadão do Laranjal. Das 9h às 17h, com recolhimento de medicamentos, testagens  rápidas de HIV e Sífilis, orientação farmacêutica e distribuição de folders e amostras de álcool gel, com orientação de higiene das mãos e Uso Racional de Medicamentos. Ainda ocorrerá uma caminhada às 10h, aula de zumba às 11h e exercícios funcionais às 16h.

Segunda-feira (8/5) – na Extractus Manipulação e Cosméticos (Rua Marechal Deodoro 1205, entre Antônio dos Anjos e Padre Felício), das 10h às 12h e das 14h às 16h, vai ter medida de pressão arterial e glicemia, orientação farmacêutica, distribuição de folders e amostras de álcool gel, com orientação de higiene das mãos e Uso Racional de Medicamentos.

Terça-feira 9/5) – na farmácia Panvel (Rua Gonçalves Chaves, esquina Doutor Amarante), das 10h às 12h e das 14h às 16h, vai haver orientação farmacêutica, revisão de polimedicação e recolhimento de medicamentos vencidos.

Comments

comments

Publicado em 05/05/2017, em Notícias.