II Jornada de Educação Libertária

Nos dias 9, 10 e 11 de outubro de 2017, será realizada a II Jornada de Educação Libertária na OCA, como uma das ações previstas no Projeto Multiversidade. A jornada terá três conferencistas especiais especialistas e pesquisadores da Educação Comunitária indígena e libertária. Essa foi a temática escolhida pelos alunos integrantes do projeto. O Evento será realizado todo na OCA em três turnos, a dinâmica será de Rodas de conversa, oficinas e apresentação de trabalhos, sendo as conferências todas no período da noite. Durante os três dias do evento ocorrerá uma Feira do Livro.
Em anexo a Programação completa, o cartaz  e o link para o blog que criamos para o evento. 

PROGRAMAÇÃO

II JORNADA EDUCAÇÃO LIBERTÁRIA DE PELOTAS

9, 10 , 11 Outubro de 2017.

 

SEGUNDA – 09/11 TERÇA- 10/11 QUARTA – 11/10

9h- Credenciamento e  entrega de materiais

 

Abertura Feira do Livro

 

 

 

9h às 11h-  Roda de Conversa

 

INESCOLÁVEIS”: experimentações de apoio mútuo no cuidado de crianças a partir do Jardim Nômade” com Coletivo do Jardim Nômade de Porto Alegre.

9h às 11h – Roda de Conversa

 

Autogestão Pedagógica” com Cláudio Nascimento, pesquisador autodidata.

11h às 13h- Roda de Conversa:

 

(DES)Educação Informal nos meios contra culturais”

Rodolpho Netto , Professor e Mestrando em Geografia da Universidade Federal Fluminense(UFF), Integrante e colaborador da Editora Imprensa Marginal e do Instituto de Estudos Libertários/RJ.

11h às 13h  – Apresentação  de trabalho

 

Educação livre: A aprendizagem desescolarizada  através da Arte e da Natureza em comunidade ecológica” com  Luiza Eloi  Corrêa- Artes Visuais-(UFPel)

 

“Conversa sobre uma aprendizagem profana: Uma Cartografia da Ocupação Coletiva de ArteirXs- OCA” com Lorraine Clara ( Psicologia- UFPel)

 

 

 

11h às 13h- Roda de Conversa

 

O que andamos escrevendo? A escrita na academia como combate” .

Luciano Bedin da Costa: Professor da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional da UFRGS. Autor de Estratégias Biográficas: biografema com Barthes, Deleuze, Nietzsche e Henry Miller (2011)

Lançamento do Livro: 58 combates para uma política do Texto” com Luciano Bedin da Costa, autor.(Lumme Editor, 2017)

13h- Almoço 13h- Almoço

13h- Almoço

 

 

 

 

14h às 16h – Roda de Conversa

 

Teatro de Militância: Filhos de Tereza e a arte de resistência do cabelo ao movimento.” com a Companhia Teatral Filhos de Tereza- Pelotas.

14h às 16h- Roda de Conversa

 

“Anarquismo e crianças: para além da escolarização” com  Olívia Pires: Mestranda em Educação pela FACED/UFRGS

14h às 16h – Apresentação de trabalho

 

“Ampliando-se para o corpo soltinho” com Jéssica Schuster – Psicologia -UFPel

 

“As contribuições Pierre-Joseph Proudhon à educação operária: O caso da Primeira Internacional”  com Crystiane Leandro Peres

 

 

16h às 19h Oficina

Agroecologia, hortas urbanas e plantas alimentícias não convencionais: um encontro da educação libertária com a soberania alimentar” com Roberta Luzzardi , Engenheira Agrônoma. Doutora em Agronomia pela UFPel.

16h às 19h – Oficina

 

Oficina de vivência: movimento de decomposição filosófica da educação com Guilherme Schoreder, Sociólogo e Mestre em Educação pela UFRGS.

16h às 19h – Oficina

 

Leitura encenada : “Pedro e a responsabilidade: Notas para uma cartografia socioeducativa”, com Prof. Édio Raniere e o grupo de Pesquisa “Vida que vem: Arte, Política e Processos de Subjetivação”- Psicologia/UFPel

19h – Conferência

Aprendizagem própria e comunitária, apoio mútuo e coletivismo índio: A experiência dos povos originários de Oaxaca- México com João Francisco Migliari Branco: Sociólogo, Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (2015) com pesquisa sobre “Movimento Docente, Insurreição Popular e respostas Coletivas de Educação Alternativa em Oaxaca-México” . Atualmente faz doutorado na Faculdade de Educação da USP com a Pesquisa sobre cultura e educação Indígena. Também é membro do GPEL – Grupo de Pesquisa de Poder Poder Político e Lutas Sociais – FEUSP.

Lançamento Livro: Cadernos de Educação Libertária” do Grupo de Pesquisa Educação Libertária e Anarquista( GPEL- UFPel) . Editora Monstro dos Mares.

Conferência

 

A Educação comunitária tradicional dos povos originários como resistência ético-política ao etnocídio da escolarização ocidental” Pedro Garcia Olivo – Filósofo, escritor espanhol,  Licenciado em geografia e Doutor em História pela Universidade de Múrcia  Foi pesquisador na Universidade de Budapeste. Lançamento do Livro: “O Educador Mercenário. Para uma crítica radical das escolas da democracia” , de Pedro Garcia Olivo. Editora Artesanal Monstro dos Mares.

19h -Conferência

 

A Educação Comunitária e Anarquista:  A contribuição de Proudhon e  Émilie Lamotte” Profa. Luiza Paschoeto Guimarães : Doutora em Educação, pela PUC-Rio. Realiza estudos sobre a Educação Anarquista e sobre Pierre-Joseph Proudhon. Mestre em Educação pela Universidade Católica de Petrópolis (2008). Especialista em Docência do Ensino Superior pelo Centro Universitário de Volta Redonda (2000). Graduada em Pedagogia pela Fundação Educacional Rosemar Pimentel (1990). Docente de Disciplinas Pedagógicas: História da Educação e Laboratório de Prática Pedagógica. É Coordenadora do Curso de Licenciatura em Pedagogia; Docente de Disciplinas Pedagógicas em Cursos de Pós-Graduação Lato sensu em Centro Universitário Geraldo Di Biase- Volta Redonda/RJ

Lançamento do Livro: O futuro de nossas crianças e outros ensaios” com artigos de Émilie Lamotte, Elisé Reclus, Domela Nieuwenhuis, Jean Grave, Charles Ange Laisant ( Editora Biblioteca Terra Livre, 2017)

22h- Confraternização de Encerramento

 

Publicado em 02/10/2017, em Notícias.