Pedagogia a Distância discute sobre formação de professores

Fórum de Discussões em Hulha Negra

A trajetória de formação de educadores da Licenciatura em Pedagogia a Distância (CLPD) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) está em debate, na forma de projeto de extensão, nas comunidades atendidas pelo curso. O CLPD propõe espaços de interação com a rede pública de ensino; promove curricularmente a aproximação, a aprendizagem e a intervenção dos estudantes nas escolas desde os primeiros semestres de curso. Com o objetivo de refletir e socializar a proposta pedagógica, o projeto de extensão “As Trajetórias de Formação Docente na Pedagogia a Distância” realiza o 4º Fórum de Discussões, na terça-feira (06), manhã e tarde, no polo de apoio presencial de Cachoeira do Sul.

A coordenadora do CLPD, Lilian Lorenzato, explica que, com o encerramento da turma do quinto ingresso pelo Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), percebeu-se a necessidade de promover a reflexão com a comunidade sobre o itinerário formativo do curso e compartilhar experiências. O projeto de extensão, iniciado em agosto de 2016, já promoveu edições do Fórum em Novo Hamburgo (21 e 22/10), Arroio dos Ratos (12/11) e Hulha Negra (26/11). O Fórum de Discussões é integrado por professores do CLPD; estudantes; egressos; equipes das escolas parceiras e dos polos de apoio presencial; e os bolsistas do Programa de Educação Tutorial – Grupo de Ação e Pesquisa em Educação Popular (PET-Gape).

>>Projetos de EAD integram a Semana do Folclore da UFPel

A proposta formativa do CLPD, compartilhada também com o curso de Licenciatura em Educação do Campo a Distância da UFPel, oportuniza, como base curricular, a participação constante dos estudantes nas escolas. Normalmente, os cursos de Licenciatura limitam-se a períodos curtos de intervenção comunitária, na forma de estágios. A aposta do CLPD é de que o contato durante os quatro anos de formação é mais significativo às Instituições e aos acadêmicos. “Os estudantes começam a fazer parte da escola. Conseguem entender os processos e possuem mais condições de levar elementos para a sua formação. É o diálogo permanente entre reflexão e ação”, defende.

>>Curso de Licenciatura em Educação do Campo compartilha experiências em EAD

Em funcionamento desde 2008, o CLPD já foi ofertado Sistema UAB em 25 municípios, no Rio Grande do Sul e Paraná. É responsável pela formação 756 educadores. Atualmente em cinco municípios, a expectativa é de que mais 111 acadêmicos concluam a Licenciatura em 2016.

 


Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
Foto: Camila Schierholt – PET/Gape
eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

Publicado em 05/12/2016, em Licenciatura em Pedagogia.