Dúvidas frequentes

1.     O que é o SiSU?

Sistema de Seleção Unificada – SiSU, sistema informatizado gerenciado pelo Ministério da Educação – MEC, por meio do qual são selecionados candidatos a vagas em cursos de graduação disponibilizadas pelas instituições públicas de educação superior participantes.

2.     Qual a importância de realizar a prova do Enem?

A nota que o aluno obtiver com seu desempenho na prova do ENEM vai ser imprescindível para que ele possa concorrer a uma vaga nas universidades e demais instituições de ensino superior que adotarem o exame como método de seleção, sejam de maneira integral ou parcial. O ENEM também continuará a ser referência para a avaliação do ensino médio e da sua qualidade. A nota do ENEM também continua a ser critério de seleção de bolsas para estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni).

3.     Como é feita a seleção dos candidatos pelo SiSU?

A seleção dos candidatos às vagas disponibilizadas por meio do SiSU será efetuada exclusivamente com base nos resultados obtidos pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

4.     Como o candidato poderá saber se a nota que ele obteve com o ENEM será suficiente para ingressar nos cursos que escolheu?

Esta é uma das principais mudanças do sistema proposto pelo MEC: o aluno receberá sua nota antes mesmo de se inscrever nos concursos das universidades e poderá, ainda, consultar as médias dos demais candidatos que também concorrem à vaga que ele deseja. Isso será feito por meio do sistema on-line de inscrições, onde tais informações estarão abertas a consulta. Assim, o candidato terá uma visão concreta de suas possibilidades de ingresso.

5.     Existe limite de idade ou período máximo de tempo para conclusão do ensino médio, que impeça os candidatos de se inscreverem no ENEM? Quem poderá participar do ENEM?

O ENEM é voluntário. Pode participar do exame os alunos que concluem o ensino médio em 2014 e, também, aqueles que concluíram em anos anteriores. Não importa a idade do candidato e a data de término do curso. O MEC aconselha que os alunos prestem o exame no período mais adequado, que é o ano de conclusão desse nível de ensino. Alunos de outras séries poderão testar seus conhecimentos com as edições antigas do exame, que estão disponíveis na página do Inep/MEC.

6.     Como o aluno pode tentar transferência de um curso, ou de uma faculdade? Ele terá de realizar novamente a prova do ENEM?

Essa ação irá depender das normas da instituição de ensino, pois hoje, cada universidade, tem critérios e procedimentos próprios para selecionar os alunos que solicitam transferência de curso ou de instituição. No caso da UFPEL contamos com Editais específicos para estas situações. Estes Editais são amplamente divulgados pela universidade.

7.     UFPEL usa pesos diferenciados para o ingresso em seus cursos de graduação?

Não, a UFPEL não se utiliza de pesos diferenciados entre as notas do ENEM para a classificação dos candidatos pelo SiSU.

8.     Perdi a data certa, e agora?

É de exclusiva responsabilidade do candidato a observância do horário de atendimento e dos demais procedimentos para matrícula estabelecidos pela UFPEL.

9.     Para participar do SiSU, preciso pagar alguma taxa?

Não haverá cobrança de taxa de inscrição dos candidatos às vagas ofertadas pelo SiSU.

10.   Poderei ter acesso a nota de corte de cada curso?

O SiSU disponibilizará ao candidato, em caráter exclusivamente informativo, a nota de corte para cada curso, turno e modalidade de concorrência, a qual será atualizada periodicamente conforme o processamento das inscrições efetuadas.