Ética: inter-relação indivíduo, família, trabalho e sociedade (1ª parte)

Abraham Maslow (1 de Abril de 1908, Nova Iorque - 8 de Junho de 1970, Califórnia), Psicólogo americano conhecido por propor a divisão hierárquica das necessidades existenciais.

Figura 1. Abraham Maslow (1 de Abril de 1908, Nova Iorque – 8 de Junho de 1970, Califórnia), psicólogo americano, conhecido pela proposta hierarquia de necessidades de Maslow.

A atual sociedade tem como organização básica a tríade indivíduo, família e trabalho.
Por sua vez, o indivíduo, como razão precípua da ordem social, tem sua vivência, segundo Maslow, regida sob a égide da hierarquia das necessidades do ser humano, onde o trabalho participa como fator de geração e manutenção existencial.

Neste sentido, Maslow classificou as necessidades em graus de importância, descritos em cinco níveis dentro de uma pirâmide, estando o trabalho no segundo nível, superado apenas pelas necessidades vitais básicas (respiração, alimento, sono, etc) na base da Pirâmide de Maslow.

Hierarquia das necessidades de Maslow.

Figura 2. Hierarquia das necessidades de Maslow.

Considerando-se que, na estrutura social, o provimento alimentar (portanto também da subsistência) depende do trabalho, é razoável a conexão deste com as necessidades mais básicas da escala piramidal e, por conseguinte, também com a satisfação das situadas em níveis de menor hierarquia, numa direta relação de interdependência.
Neste sentido, sob uma visão filosófica, mas não tanto, Voltaire, em momentos de cansaço ao final de uma de suas obras, encontra refrigério, em compensação ao seu esforço, ao escrever: “O trabalho afasta de nós três grandes males: o tédio, o vício e a necessidade”.

François-Marie Arouet (Paris, 21 de novembro de 1694 — Paris, 30 de maio de 1778), mais conhecido pelo pseudônimo Voltaire, foi um escritor, ensaísta, deísta e filósofo iluminista francês conhecido pela sua perspicácia e espirituosidade na defesa das liberdades civis, inclusive liberdade religiosa e livre comércio

Figura 3. François-Marie Arouet (Paris, 21 de novembro de 1694 — Paris, 30 de maio de 1778), mais conhecido pelo pseudônimo Voltaire, foi um escritor, ensaísta, deísta e filósofo iluminista francês conhecido pela sua perspicácia e espirituosidade na defesa das liberdades civis, inclusive liberdade religiosa e livre comércio.

Assim, indivíduo, família e trabalho são indissociáveis, sob pena de inviabilidade da tríade.
Nesta linha de pensamento, a fonte de trabalho, como geradora e mantenedora das necessidades, é essencial à célula familiar, uma vez diretamente responsável pela base da cadeia existencial expressa na pirâmide.
Outra característica da sociedade atual é o princípio da autosustentabilidade. O objetivo de cada indivíduo é desenvolver-se e capacitar-se no objeto de manter sua própria existência e a de seus dependentes, enquanto assim constituídos.
Isto posto, o trabalho, quando realizado sob princípios éticos (honestidade, dedicação, zelo, decoro e dignidade) é fonte de manutenção e realização pessoal, familiar e social ao encontrar os preceitos enunciados por Maslow em conexão com o aspecto ético-filosófico sob a ótica de Voltaire.

Referências Bibliográficas
Hierarquia das necessidades de Maslow. Wikipédia: a enciclopédia livre.

Ligações Externas
Wikipédia: a enciclopédia livre.

Dos Editores

Publicado em 23/11/2009, em Notícias.