Notícias
  • Oportunidade:

    Seleção de aluno bolsista (uma bolsa de extensão – modalidade ampla concorrência) para projeto de extensão “Monitoramento da qualidade da água em propriedades leiteiras na região sul do Estado do Rio Grande do Sul”. 

    Para saber mais, clique no link: Edital Probec Monitoramento 2017

  • Acesse o Manual de Vigilância, Prevenção e Controle de Zoonoses e saiba mais sobre ações de saúde pública!

    O Manual de Vigilânica, Prevenção e Controle de Zoonoses foi publicado em 2016 elo Ministário da Saúde e define as normas técnicas que nortearão as ações e os servicos públicos de saúde a serem desenvolvidos e executados no Brasil para a prevenção, a proteção e a promoção da saúde humana, quando do envolvimento de riscos de transmissão de zoonoses e de ocorrência de acidentes causados por animais peconhentos e venenosos, de relevância para a saúde pública.

    Acesse aqui: Manual de vigilancia, prevencao e controle de zoonoses – 2016

  • Notícias

    A Leishmaniose Visceral é uma doença infecciosa grave, não contagiosa, causada pelo parasita do gênero Leishmania. Tem como agente transmissor o inseto conhecido popularmente como mosquito-palha. Ela atinge principalmente cães, mas humanos também podem ser contaminados através da picada do inseto. Não há vacina para Leishmaniose Visceral que possa ser aplicada em humanos. Quando não é tratada, a doença pode ser fatal em 95% dos casos.

    Na pessoa infectada, a doença provoca febre prolongada, aumento do baço e do fígado. Pode ocasionar, ainda, palidez e perda de peso. Ao apresentar esses sintomas, o paciente deve ser levado à Unidade de Saúde mais próxima da sua residência para acompanhamento. A medicação é distribuída pelo poder público após a confirmação da doença.

    Cuidados e prevenção:            

    • cuidar da limpeza da residência e do quintal;
    • usar telas ou mosquiteiros de 1mm;
    • usar repelente;
    • evitar acúmulo do lixo, restos de alimentos, frutas, folhagens e fezes de animais.

    Transmissor da doença

    O mosquito-palha é muito pequeno e tem cor palha ou castanho claro. Vive nas proximidade das residências, preferencialmente em locais úmidos, escuros e com acúmulo de material orgânico, por isso a doença ocorre principalmente em zonas periurbanas.

    A Leishmaniose Visceral Canina

    Nos cães, entre outros sintomas, a doença leva ao emagrecimento progressivo do animal, surgimento de feridas e descamação da pele, queda anormal de pelos, aparecimento de ínguas, crescimento anormal das unhas, inchaço das pernas e sangramento de nariz. Caso o animal apresente algum desses sintomas, é necessário procurar um serviço veterinário. Se houver confirmação da doença, a Secretaria Municipal do município deve ser informada

    Cuidado do animal (principalmente animais que tenham acesso a matas nativas, ou  locais em que há casos confirmados da doença):

    • evitar circulação do animal na rua, em especial no início da manhã e no fim da tarde;
    • consultar um médico veterinário para avaliar a necessidade de vacinação contra a doença;
    • se possível, recomenda-se o uso de coleiras repelentes.

    Fonte: https://www.ufrgs.br/telessauders/teleducacao/leishmaniose-visceral-sintomas-e-cuidados/

     

  • II Ciclo de Palestras

    O Centro de Controle de Zoonoses tem o prazer de convida-los para o II Ciclo de Palestras intitulado “Veterinário na Saúde Pública: Você encara esse desafio?”. As palestras ocorrerão no prédio da Faculdade de Medicina Veterinária e os palestrantes irão falar da sua rotina de trabalho dentro do sistema de saúde e de que forma os profissionais de veterinária se inserem neste setor.

    As inscrições são gratuitas e realizadas na hora.  A programação, horário e local estão descritos no folder abaixo.

     

    14462721_992858387506905_5091032921087001532_n

     

  • Resultado da seleção de bolsas

    O Centro de Controle de Zoonoses da UFPel divulga o resultado da seleção de bolsistas para os projetos de: AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA EM PROPRIEDADES LEITEIRAS NA REGIÃO DE PELOTAS, RS e MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA EM PROPRIEDADES LEITEIRAS NA REGIÃO SUL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL.

    Parabéns aos selecionados!!!

    ResultadoPROBEC 2016 Monitoramento da Qualidade da Água

    ResultadoPROBEC 2016 Avaliação da água em Propriedades Leiteiras

     

  • Seleção de bolsistas!!!

    Estão abertas inscrições para a seleção de bolsista no âmbito do Programa de Bolsas Acadêmicas/2016, modalidade Bolsas de Iniciação à Extensão e Cultura, de acordo com a legislação federal vigente e os regramentos interno correspondentes da UFPEL.

    Os projetos que estão selecionando são:

    MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA EM PROPRIEDADES LEITEIRAS NA REGIÃO SUL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL – Acesse edital: Edital_Monitoramento proext

    AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA EM PROPRIEDADES LEITEIRAS NA REGIÃO DE PELOTAS, RS – Acesse o edital: Edital_Avaliação da água