[aula 17/10] Estudos da Literatura Brasileira

AULA 17/10

[continuação da aula anterior]

  1. O sentimento gauche drummondiano e uma de suas releituras: “José” [aqui em pdf] e de “Agora, ó José” [aqui em pdf] de Adélia Prado.
  2. Poesia, política, guerra e melancolia em A rosa do povo (1945). Leitura de “Procura de poesia” [aqui em pdf], “A flor e a náusea” [aqui em pdf] e “Áporo” [aqui em pdf].

Para ver/ouvir
Procura de poesia“, na voz de Paulo Autran
A flor e a náusea“, na interpretação de Eliza Morenno

[aula 10/10] Estudos da Literatura Brasileira

AULA 10/10

Continuação da aula anterior, com a leitura de poemas de Sentimento do mundo (1940), procurando refletir sobre a articulação da poesia com a política. Embora os temas sociais sejam bastante evidentes em nessa antologia, Drummond também publica poemas em que outras preocupações temáticas e formais se manifestam. Um exemplo disso encontra-se no poema “Os mortos de sobrecasaca” [aqui em pdf], em que o poeta reflete sobre a memória e a deterioração do tempo passado, a partir de uma apropriação da linguagem fotográfica. Outro poema importante de Sentimento do mundo é “Confidência do itabirano” [aqui em pdf], em que o poeta volta-se temas reiterados em sua obra: a cidade natal, a infância.

Para ver/ouvir
Confidência do itabirano“, na voz de Carlos Drummond de Andrade

Confidência do Itabirano [Carlos Drummond de Andrade]

Alguns anos vivi em Itabira.
Principalmente nasci em Itabira.
Por isso sou triste, orgulhoso: de ferro.
Noventa por cento de ferro nas calçadas.
Oitenta por cento de ferro nas almas.
E esse alheamento do que na vida é porosidade e comunicação.

A vontade de amar, que me paralisa o trabalho,
vem de Itabira, de suas noites brancas, sem mulheres e sem horizontes.
E o hábito de sofrer, que tanto me diverte,
é doce herança itabirana.

De Itabira trouxe prendas diversas que ora te ofereço:
esta pedra de ferro, futuro aço do Brasil;
este São Benedito do velho santeiro Alfredo Duval;
este couro de anta, estendido no sofá da sala de visitas;
este orgulho, esta cabeça baixa…

Tive ouro, tive gado, tive fazendas.
Hoje sou funcionário público.
Itabira é apenas uma fotografia na parede.
Mas como dói!

[Sentimento do mundo]

[aula 26/09] Estudos da Literatura Brasileira

AULA 26/09

1. O “nome” Carlos Drummond de Andrade: a questão da autoria
2. Alguma poesia (1930): a recepção crítica; Drummond e o Modernismo; alguns temas drummondianos: o desencontro, o obstáculo, a vida menor, o “gauchismo”: leitura dos poemas “Quadrilha” [aqui em pdf],No meio do caminho” [aqui em pdf],Cidadezinha qualquer” [aqui em pdf],Poema de setes faces” [aqui em pdf], “Poesia” [aqui em pdf],Cota zero” [aqui em pdf] e “Balada do amor através das idades” [aqui em pdf]

Para ver/ouvir:
“Quadrilha” de Drummond, na voz do poeta
“No meio do caminho” de Drummond, lido em várias línguas. Vídeo produzido pelo Instituto Moreira Salles
“Cidadezinha qualquer” de Drummond, interpretado por Tom Zé
“Poema de sete faces” de Drummond, musicado por Samuel Rosa

Balada do amor através das idades [Carlos Drummond de Andrade]

Eu te gosto, você me gosta
desde tempos imemoriais.
Eu era grego, você troiana,
troiana mas não Helena.
Saí do cavalo de pau
para matar seu irmão.
Matei, brigamos, morremos.

Virei soldado romano,
perseguidor de cristãos.
Na porta da catacumba
encontrei-te novamente.
Mas quando vi você nua
caída na areia do circo
e o leão que vinha vindo,
dei um pulo desesperado
e o leão comeu nós dois.

Depois fui pirata mouro,
flagelo da Tripolitânia.
Toquei fogo na fragata
onde você se escondia
da fúria de meu bergantim.
Mas quando ia te pegar
e te fazer minha escrava,
você fez o sinal da cruz
e rasgou o peito a punhal…
Me suicidei também.

Depois (tempos mais amenos)
fui cortesão de Versailles,
espirituoso e devasso.
Você cismou de ser freira…
Pulei muro de convento
mas complicações políticas
nos levaram à guilhotina.

Hoje sou moço moderno,
remo, pulo, danço, boxo,
tenho dinheiro no banco.
Você é uma loura notável,
boxa, dança, pula, rema.
Seu pai é que não faz gosto.
Mas depois de mil peripécias,
eu, herói da Paramount,
te abraço, beijo e casamos.

[Alguma poesia]

Poesia [Carlos Drummond de Andrade]

Gastei uma hora pensando em um verso
que a pena não quer escrever.
No entanto ele está cá dentro
inquieto, vivo.
Ele está cá dentro
e não quer sair.
Mas a poesia deste momento
inunda minha vida inteira.

[Alguma poesia]

INSCRIÇÕES Grupo de Estudo: “Poesia Brasileira Moderna e Contemporânea”

O Grupo de Estudo “Poesia Brasileira Moderna e Contemporânea” tem por objetivo promover o debate de temas, obras e poetas brasileiros dos séculos XX e XXI, bem como a execução de projetos de pesquisa nesse campo de reflexão teórico e crítico. Os encontros ocorrem às sextas-feiras, das 9h30 às 11h30, de 14 de julho a 28 de novembro. Aberto prioritariamente a alunos de graduação em Letras e áreas afins. Certificado de 40h.
Vagas: 20

 

Seleção de Bolsista de Iniciação Científica

Seleciona-se bolsista de Iniciação Científica para desenvolver projeto de pesquisa no campo da “Poesia Brasileira Moderna e Contemporânea”.
Vaga: 1 (uma)
Duração e valor da bolsa: até doze meses, R$ 400,00 mensais.
Requisitos do bolsista: estar regularmente matriculado em curso de graduação; ter desempenho acadêmico compatível com as atividades previstas no plano de trabalho; não ter vínculo empregatício, nem receber salário ou remuneração decorrente do exercício de atividades de qualquer natureza, inclusive os de estágio remunerado, durante a vigência da bolsa; não acumular o recebimento de qualquer outro tipo de bolsa (auxílios concedidos pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis não são considerados bolsas); não ser do mesmo círculo familiar do orientador.
Processo de seleção: prova sobre os poemas “Os mortos de sobrecasaca” de Carlos Drummond de Andrade e “Fotografia” de Adélia Prado; desempenho acadêmico.
Dia e local: sexta-feira, dia 23/06, às 10h30, em sala a ser confirmada posteriormente por e-mail aos inscritos.
Os candidatos devem apresentar-se à prova com Histórico Escolar atualizado.
Inscrições: até quinta-feira, dia 22/06, no formulário abaixo

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO