Agência Lagoa Mirim: diretor vai à Brasília apresentar projetos

A excelência de atuação da Agência de Desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim (ALM) foi temática para apresentações realizadas pelo seu diretor, Gilson Porciúncula, em diversos órgãos governamentais localizados na capital federal em visita recente. Porciúncula participou de agendas no Ministério das Relações Exteriores, no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes e na Agência Nacional de Águas.

O primeiro encontro do qual o diretor participou foi a 10ª Reunião de Alto Nível da Nova Agenda de Cooperação e Desenvolvimento Fronteiriço Brasil-Uruguai (RAM), realizada pela Divisão América Meridional do Ministério de Relações Exteriores. Durante a RAM, foi apresentado relatório de atividades da ALM e também foi construída proposta para que a Agência realize atividades de capacitação para que sejam replicados os estudos de viabilidade na área de saneamento em cidades fronteiriças, seguindo o exemplo dos dois municípios de Aceguá, tanto do lado brasileiro quanto uruguaio.

Durante a mesma estada, ocorreu a 118ª reunião da Comissão Mista Brasileiro-Uruguaia para o Desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim (CLM), durante a qual Porciúncula foi designado como secretário-executivo do grupo. Ele também pode, na ocasião, apresentar propostas de implementação de dois projetos na região, um deles sobre piscicultura, outro de enogastronomia.

Outras duas agendas envolveram a barragem-eclusa do Canal São Gonçalo. A primeira, no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), relaciona-se com o termo de cooperação entre o órgão e a UFPel para manutenção e operação da estrutura. Já na Agência Nacional de Águas (ANA), o diretor da ALM encontrou-se com o coordenador da área de monitoramento com o intuito de buscar equipamentos para o monitoramento da Lagoa Mirim e do Canal São Gonçalo, de forma a facilitar a operação da barragem.

Publicado em 09/05/2016, em Sem categoria.